planejamento financeiro pessoal

Como fazer um Planejamento Financeiro Pessoal que funciona!

Neste artigo, eu vou te ensinar o passo a passo para você organizar as suas contas mensais. Se você acha que ficar anotando cada cafezinho que toma está dentro dessa organização, pode ficar tranquila, não precisa fazer isso.

Muitos dos meus clientes tem dificuldades em fazer um controle financeiro pessoal porque anotam sempre os gastos que já aconteceram e não define os que vão acontecer. Começam o mês anotando e desistem em 1 semana ou no meio do mês.

Do que adianta anotar o que já gastou? Faz diferença? Você vai conseguir voltar atrás e “pegar” o dinheiro de volta. Não! Isso só traz frustração e nos faz desistir. Vamos pensar para frente.

Dinheiro é mais do que saber que você tem gastar menos do que ganha (isso você já sabe), mas sem um planejamento dos próximos meses e consciência dos seus gastos, você vai entrar no ciclo vicioso de sempre estar no limite e nunca conseguir poupar dinheiro. E calma, você não vai precisar definir o que vai gastar nos próximos 10 meses, comece definindo mês a mês.

Ok, então vamos por partes…

O que é Planejamento Financeiro Pessoal?

Existem vários tipos de Planejamento Financeiro: de curto, médio, longo prazo.

Eu quero te ensinar a fazer um planejamento de curto prazo, de mês em mês, porque sei que a maioria das pessoas tem dificuldades em pensar a longo prazo, daqui 10 anos ou 20 anos. Então, vamos aos poucos, quando você entender melhor como funciona depois, pode fazer um de longo prazo com mais facilidade e com a ajuda de um profissional.

Primeiro, a definição desse conceito que parece complicado mas não é:

  • Planejamento = elaborar um plano, projetar.
  • Financeiro = que envolve finanças.
  • Pessoal = individual, relativo à pessoa.

Então, fazer um Planejamento Financeiro Pessoal é elaborar um plano individual da sua vida financeira. Simples, certo? E é mesmo!

Mas por que muitas pessoas não fazem?

Por duas grandes razões:

  1. Querem anotar tudo que já gastaram nos últimos meses.
  2. Querem anotar todos os gastos todos os dias.

Anotar o que já gastou é tempo perdido. Você pode entender um pouco de como gasta o seu dinheiro com o método dos 5 diasque é anotar os seus gastos durante 5 dias e refletir sobre eles – como na imagem que vou mostrar abaixo, mas não precisa fazer isso o mês inteiro e nem para o resto da sua vida.

Veja o exemplo do método:

como organizar o dinheiro

Você pode baixá-lo gratuitamente pela Amostra do Caderno Financeiro

Se você anota por anotar, também não faz sentido. Afinal, você chega no fim do mês e pensa: nossa gastei mais do que deveria. Claro! Você não definiu um valor máximo para cada item da sua vida. Por isso, esse método dos 5 dias para refletir sobre os seus gastos é tão importante.

Como montar?

Antes de tudo você precisa de um orçamento (saber quanto ganha e gasta mensalmente), pode ser em uma planilha, aplicativo ou pelo Caderno Financeiro, como preferir.

Se você ainda não tem um orçamento financeiro, faça o download da sua planilha de orçamento clicando aqui

Com um orçamento e sabendo quanto pode gastar todos os meses, você vai definir um valor máximo para cada item da sua vida: lazer, alimentação, transporte, cuidados pessoais, entre outros (sugiro baixar a Checklist Orçamento Pessoal). Todas essas despesas que você vai estipular o valor são variáveis, ou seja, mudam conforme o seu consumo. Diferente de um aluguel por exemplo, que não varia se você passar alguns dias viajando.

Vamos ao PASSO A PASSO:

  1. Defina um valor para lazer neste mês. Exemplo: R$400
  2. Se o mês tem 4 semanas, divida o valor por 4 para saber quanto pode gastar por semana com lazer. Exemplo: R$400/4 = R$100
  3. Todo fim de semana avalie se gastou mais ou menos que R$100.
  4. Se gastou mais de R$100, se controle e gaste menos na próxima semana.
  5. Se gastou menos de R$100, você tem uma “folga” no orçamento e pode gastar um pouco mais, com atenção!

Dica extra: se você não tem controle com o seu cartão e acaba gastando mais do que deveria, saque o dinheiro (no caso os R$400 do mês ou os R$100 da semana), deixe o cartão em casa e use o dinheiro durante o período.

 

caderno financeiro amostra

Defina um valor para investir

Você planejou quanto vai gastar em cada item das suas despesas variáveis, certo? E quanto você vai investir todos os meses, já sabe?

  • Defina um valor também para investimentos: se você está começando agora, foque em investimentos de Renda Fixa: CDB, LCA, LCIs e Tesouro Direto.
  • Assim que receber o seu salário, coloque este valor em uma outra conta, separado da conta corrente que você usa normalmente ou então transfira para a corretora para investir. Essa é uma forma de você não gastar o dinheiro que definiu para os investimentos.
  • É importante ter e definir seus objetivos financeiros: quer comprar uma casa/carro, viajar, fazer um curso, comprar algo? Quanto você precisa e quando vai atingir esse objetivo? Isso precisa estar definido porque para cada objetivo seu, tem um investimento com prazo e rentabilidade diferentes.

Se é a sua primeira vez nessa sessão de investimentos, eu sugiro você ver o artigo e o “Tipos de investimentos para cada objetivo financeiro”

Seu orçamento DEVE ser positivo

Se você chegou até aqui devo confiar que você fez o seu planejamento, definiu quanto vai gastar com cada despesa variável e quanto vai investir, certo?

Agora, lembre-se que depois de fazer tudo isso o saldo do mês deve ser positivo. Isso significa que você não pode estar gastando mais do que ganhando.

Exemplo: se você ganha R$1000, tem R$700 em despesas fixas por mês e quer definir R$400 para lazer, fica fora da sua realidade financeira. Neste caso, ou você aumenta a sua receita ou diminui a sua despesa fixa ou então define um valor menor para lazer.

E você, o que acha desse planejamento financeiro? Gostou?

Leia também os artigos:

 

 

 


Avalie este artigo para eu saber se este artigo te agradou!

[Total: 7    Média: 4.4/5]

Até o próximo!


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *