mudança de hábitos

Mudança de Hábitos Financeiros

Mudança de Hábitos é algo que está no centro da busca por uma liberdade financeira. Muitas pessoas não entendem porque trabalham exaustivamente e não conseguem sair do lugar. Mas hoje é o dia para se dar um basta nessa situação!
Hoje, eu resolvi trazer para você um pequeno guia com os principais hábitos que precisam ser mudados. Então, após estudarmos cada um veremos jeitos fáceis de criar outros mais saudáveis. Ou seja, você vai ter uma mudança de hábitos ruins para outros que vão te deixar no caminho da prosperidade financeira. Vamos lá?

Quais Hábitos devem mudar para você ficar rico?

Primeiramente, você precisa entender que não são um ou dois hábitos que não te permitem ficar ricos. Além de começar do zero, como a maioria das pessoas, o problema normalmente está em um conjunto de péssimas práticas, onde muitas nem são percebidas.

Claro que algumas vão ser bem mais prejudiciais que outras, mas se você quer realmente ter resultados é melhor ficar alerta para qualquer possível inimigo. Enriquecer não é algo que acontece da noite para o dia, então cada pequeno problema ou investimento fazem uma enorme diferença mais a frente.

Vamos começar aqui uma lista de hábitos que realmente vão continuar te deixando pobre:

mudança de hábitos

1 – Gastar com o que não precisa

A raiz das maiorias dos problemas de endividamento é não gastar seu dinheiro de uma maneira racional. A maioria das pessoas que estão endividadas não são simplesmente vítimas de um problema, mas sim consumidoras de uma forma completamente indisciplinada e sem consciência.

Não há nada pior para um pessoa dessas do que opções de crédito (cartões, financiamento, empréstimo). Normalmente o dinheiro vai embora sem que ela perceba e em breve se criou um hábito de comprar de maneira compulsiva e desnecessária.

É muito importante ter consciência e entender os hábitos de consumo para parar de comprar por impulso. Entenda também as emoções por trás de cada compra: tristeza, alegria, compensação, entre outros.

2 – Comprar a primeira opção que aparece

Um número enorme de pessoas também gasta mais dinheiro por preguiça de pesquisar um pouco mais. Por exemplo, você deseja comprar uma casa. Mal visitou uma ou duas já quer fechar negócio. Mas em algumas semanas descobre que está no mercado uma casa até mesmo melhor com um preço entre 20 a 30 mil abaixo da sua.

Se você conseguiu pagar à vista menos. Se você precisou financiar o valor da diferença pode simplesmente ter dobrado.

Entretanto, não são só nas grandes coisas que precisa haver uma mudança de hábitos. Muitas pessoas simplesmente se encontram em situações complicadas porque fazem pequenas escolhas nas compras do mês. Às vezes comprar algo que tem a mesma qualidade, porém de uma marca diferente, vai economizar bastante.

3 – Só contribuir com o INSS

Na nossa cultura de estado paternalista é muito comum que pessoas entendam que só há um jeito de se aposentar. O INSS é visto um pouquinho diferente do que ele deveria, infelizmente.

Não estamos falando de um benefício criado para te dar uma vida boa depois da aposentadoria. Estamos falando aqui de um benefício que serve como uma espécie de seguro para a velhice.

Assim, você consegue se manter com certa dignidade quando não consegue mais trabalhar.

Então, se você não cria um outro meio de se aposentar, é melhor se preparar para enfrentar tempos difíceis e variações na legislação. Todo mundo pode se esforçar um pouquinho para tentar garantir um futuro melhor, sendo assim comece a se planejar.

mudança de hábitos

4 – Ter muitos cartões (e opções) de crédito

Um péssimo hábito financeiro é sair aceitando todas as opções de crédito que te enviam. Infelizmente, quando você percebe seu salário inteiro estará sendo levado para pagar a conta do cartão de crédito, enquanto eles são usados para as depesas diárias.

Isto significa mais ou menos que você terá que trabalhar em média um semestre sem gastos supérfluos para pagar o que é literalmente uma dívida. Entenda uma coisa, crédito não é dinheiro, crédito é dívida!

5 – Falta de reserva de emergência

Imprevistos acontecem e quando não se tem uma reserva de emergência é bem comum que eles obriguem você a contrair empréstimos ou a viver no vermelho. Mas independentemente do que aconteça você precisa entender que esta é uma atitude imatura e irresponsável.

Se você gasta tudo o que tem, jamais vai ter férias confortáveis ou então um dinheiro para investir em você. Entenda que poupar não é só um hábito positivo, mas uma necessidade.

6 – Falta de planejamento financeiro

Muito dinheiro é perdido e não se sabe onde foi parar. Chamamos eles de gastos fantasmas. Entretanto eles são tão reais que não importa o quanto você ganhe, sempre vai estar apertado e sem dinheiro. Se você quiser saber mais sobre o assunto, clique neste artigo sobre gastos fantasmas.

7 – Jogos de Azar

Esta é uma das maiores necessidades de mudança de hábitos. Não existe jeito mais irresponsável do que gastar dinheiro com jogos de azar.

Loteria pode ser incluída no conceito geral também! Este não é um assunto do qual eu quero falar muito, mas eu já adianto que não existe saída milagrosa para a riqueza. As chances são realmente baixas e você não consegue ter certeza se os resultados serão honestos.

Sem tirar que jogos ilegais estão abraçados com o crime organizado e podem te colocar em situações literalmente perigosas.

8 – Ter uma rotina desregrada

Quando você não controla sua rotina, vários problemas acontecem ao mesmo tempo. Primeiramente, você começa a produzir menos do que pode. Isto não é um problema tão aparente quando você é simplesmente um empregado comum.

Mas é possível também cortar gastos desnecessários quando você faz escolhas de uma organização melhor. No final das contas você sai ganhando em vários aspectos, sendo assim comece hoje a organizar tudo o que está na sua vida.

Comece pelos seus horários, depois parta para as finanças e então para metas de vida.

9 – Falta de um plano de carreira

Muita gente se preocupa só com o hoje. Entram em um emprego sem nenhuma perspectiva de crescimento. Tudo bem se viver do jeito que você está não é um problema para você. Agora, se o que você busca é um dia se tornar rico, é melhor pensar em um plano de carreira.

Assim você pode não ter só uma situação melhor para a autoestima, mas também vai poder ganhar mais. Afinal de contas se estamos falando de riqueza financeira, estamos falando de ter mais dinheiro.

Sendo assim pode ser que um emprego mais modesto com oportunidades de acensão seriam algo mais inteligente. Entretanto é importante que você seja bastante prudente na hora de trocar empregos.

Ter uma reserva de emergência para este tipo de situação é essencial também.

10 – Sem Mudança de Hábitos você não busca se atualizar

Infelizmente não se capacitar melhor custa muito caro, normalmente até mais do que uma faculdade ou pós graduação. Isto porque é impossível ficar rico com salários baixos e gastando tudo. É verdade, se você ganhar a vida inteira um salário mínimo não vai adiantar nada.

Duas coisas você pode fazer para mudar sua situação quando se ganha pouco. Uma é separar um pouco do que você ganha e tentar empreender nas horas vagas. Mas o melhor meio mesmo é se atualizar e capacitar melhor como profissional.

Se você quer sair de atendente para gente, então deveria saber algo sobre gestão. Um curso técnico de administração ou mesmo uma faculdade são os caminhos mais lógicos a serem seguidos.

Agora se você já trabalha na sua área e possui um bom currículo, me faça o favor de desempenhar melhor o seu papel. Isto pode proporcionar um aumento, uma promoção ou mesmo uma boa reputação para achar uma empresa melhor por aí.

Uma mudança de hábitos na questão de estudo realmente é o que precisa para muitos que estão acomodados. Não há nada de errado em estar feliz com a própria situação, mas eu tenho quase certeza de que se mostrassem a eles quanto mais poderiam ganhar seria uma mudança rápida de atitude.

Como fazer uma Mudança de Hábitos?

Primeiramente é preciso entender que você não cria um hábito da noite para o dia. As mudanças são sutis e precisam de atenção e esforço. Criar um hábito não é simplesmente fácil, até mesmo os ruins. Muitos que estão envolvidos em algum vício dizem que se sentiam muito mal no começo.

Sendo assim o processo vai levar pelo menos alguns meses até que seja implementado de maneira eficaz como uma rotina. Então prepare-se para tomar medidas bastante drásticas e um pouco desconfortáveis.

Comece com uma meta de Mudança de Hábitos

Você precisa saber onde quer chegar se começar a andar em alguma direção. Sendo assim crie todas as metas possíveis para o que seria seu resultado final. Às vezes seu objetivo pode ser comprar um carro novo à vista. Ou então pode ser que você esteja buscando uma renda fixa suficiente para não precisar mais trabalhar.

Independente do foco você deve criar a meta, anote-a e a deixe visível para que você se lembre dela constantemente. Se lembre do que realmente está buscando e para onde quer ir.

Mas vai ser um pouco desanimador estar sempre um pouco longe do objetivo final. Sendo assim há outra coisa muito importante a se fazer. Divida esta meta em outras menores, crie “filhas” desta meta que sirvam para alvos anuais, semestrais, trimestrais, mensais, diários e semanais.

Quando você se acostumar com as pequenas vitórias é bem normal acabar ainda mais motivado para continuar. Então quanto mais dividido e fácil for alcançar seus objetivos, melhor.

Crie uma rotina para a sua Mudança de Hábitos

Não é só dinheiro que traz dinheiro, mas a capacidade de estar disposto a fazer uma renda maior. Pode ter sido um pouco confuso para você, mas eu explico.

Se tudo o que você ganha para poupar ou pagar dívidas vem de uma renda extra com alguma espécie de “bico”, quanto mais tempo livre melhor. Sem tirar que doenças ou indisposições vão minar parte essencial dos seus ganhos. Quando remédios entram na jogada, a coisa fica pior ainda.

Você precisa criar hábitos ainda mais fortes em outras áreas como a disciplina de horários para dormir e acordar. Ter um tempo para lazer e divertimento também é uma necessidade básica de qualquer pessoa. Você não é uma ilha, então não tente dar uma de o super disciplinado.

Quanto melhor você descansa, melhor você trabalha, principalmente em situações para se tirar um trocado a mais.

Detalhe todos os momentos do seu dia, deixe também um espacinho para aprimoramente e crescimento pessoal. Dedique seu tempo para ser uma pessoa e um profissional melhor, com certeza isto vai render bons frutos e resultados no futuro.

Separe seu horário de 30 em 30 minutos e coloque alarmes e post its para te lembrar do que deve ser feito. Nas primeiras semanas é normal ter que fazer vários ajustes, porém não mude tudo com tanta frequência, hábitos se formam através da repetição.

Mantenha o foco e a disciplina com propósitos para a Mudança de Hábitos

Foco é parte crucial de uma rotina saudável. Quanto mais você foca, mais resultados você tem. Mas isso precisa de um motivo para acontecer. Imagine se o seu cérebro focasse completamente em cada nova informação que chega à sua cabeça. Seria simplesmente impossível terminar uma tarefa simples.

Sendo assim, sua mente é treinada para dar foco no que é urgente e necessário. Se você não coloca seu objetivo diante de você o tempo todo, pode ter certeza que está no caminho da derrota. Não precisa ser algo completamente desregulado, mas tente ao menos uma vez por dia lembrar o que você está buscando. Para isso servem as metas diárias.

E no mais é manter-se firme e não desistir dos seus objetivos por qualquer motivo. Quanto mais obstáculos você vende, mais forte você vai ficando, mais e mais sua rotina se torna um hábito.

Por hoje ficamos aqui então. Espero ter dado um pouco de luz e orientação para você que quer uma mudança de hábitos e eficaz e produtiva.

Qualquer coisa pode deixar um comentários com suas dúvidas e sugestões, ok?

Um grande beijo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *