Como administrar as finanças

Como organizar o dinheiro para 2020!

2020 está chegando e com ele vários gastos e compromissos novos. Sabe, é muito comum que a maioria das pessoas utilize o final do ano para fazer promessas nas áreas que mais as atrapalham, e para grande parte delas envolve a vida financeira. Mas no momento que o ano começa vêm uma enorme quantidade de contas para pagar ao mesmo tempo, e normalmente os gastos do final de ano (mesmo com o 13º salário) atrapalham o esse ínicio de ano. Assim, saber como organizar o seu dinheiro ainda no final do ano é que será o verdadeiro diferencial.

Vamos pensar em como administrar esse seu rico dinheiro ainda este ano? Dá tempo!

Se você tem dívidas, eu espero que através desse texto você ao menos comece a dar seus primeiros passos para sair um pouco do vermelho, ok? Dito isto, vamos começar!

Como administrar as finanças em 2020

1 – Se prepare para as despesas de início de ano!

Como eu falei ali no início, o ano já começa com várias grandes despesas para serem pagas ao mesmo tempo. Se você não tem reservas para este tipo de ocasião, muito provavelmente vai se sentir tentado a gastar seu crédito. E aí eu te digo mais uma vez: “Crédito não é dinheiro de verdade e muito menos extensão do seu salário”. Você paga depois e os juros já estão embutidos no valor.

No início do ano infelizmente se acumulam: IPTU, IPVA, DPVAT, Matrícula e material escolar, Seguros e as despesas do final do ano passado (o cartão de crédito, por exemplo).

Olha só, ao invés de economizar no final do ano para ter como pagar estas despesas você gastou mais do que podia e recorreu ao crédito para festejar no final do ano. Muito comum também das pessoas quererem presentear amigos e parentes sem ter o dinheiro para gastar. Nada inteligente, concorda?.

Sendo assim eu deixo aqui meus dois primeiros toques para você, a primeira coisa que você vai fazer em 2020 é pensar que os primeiros meses do ano sairão caro. Se você quer festejar no final do ano, primeiramente vai ter que separar o dinheiro dessas contas. E evite usar o crédito, hein? Além disso para enfrentar as contas deste ano vale apertar os cintos, não só por um mês, mas enquanto for necessário para pagar.

2 – Planeje seus gastos mensais, semanais e uma estimativa diária

Faça com que 2020 seja o seu ano de planejamento. Veja quais as datas mais importantes onde você irá precisar de alguma despesa, como por exemplo aniversário dos filhos. Entenda que você precisa receber mais do que você gasta, e quando eu digo isto quero dizer que precisa ser muito mais. Não deixe sua conta no zero a zero ou somente com R$ 100,00 de sobra. Você precisa ter ao menos 10% de seu salário pensando na sua reserva de emergência e investimentos.

Claro que em caso de emergência você irá tocar neste valor, mas busque sempre aumentar os seus investimentos (sem atrapalhar o seu planejamento). Considere que este dinheiro nem existe, recomendo então colocar ele nas suas aplicações no momento em que receber, o famoso pague-se primeiro! Se você deixar para fazer isso no final do mês, vai acabar não fazendo!

Veja se você pode almoçar em um local mais barato ou levar comida de casa. Converse com seu cônjuge e sua família para criar uma escala de limpeza ao invés de contratar uma faxineira, mesmo que o trabalho não fique tão bom. Coloque uma meta, se você não precisarem da faxineira e economizarem R$ XXX,XX por mês, ofereça um passeio que custará um quarto disso como recompensa. Essa é uma forma de se motivar para economizar.

3 – Carro ou transporte coletivo?

Não sei como você pretende ir ao seu trabalho todos os dias, mas com certeza o carro é o jeito mais confortável. Entretanto quase nunca ele é o jeito mais econômico (é preciso fazer as contas). Estude a possibilidade de usar transporte coletivo ou ir de carona. Se você mora em uma cidade de porte médio use por exemplo algo mais econômico como uma moto.

Corte as suas despesas com locomoção pela metade, mesmo que isso signifique ter menos conforto. Entretanto, é bom avaliar o tempo gasto, às vezes isto pode te custar mais 2 ou 3 horas diárias, dificilmente isso será uma economia real. Nestes caso, use o meio mais rápido e no tempo que sobrar faça uma atividade que possa gerar uma renda extra superior ao que você gastou na diferença.

Alguns podem se sentir um pouco intimidados em deixar as crianças com outros levando elas à escola ou deixando que elas vão sozinhas. Sendo assim veja se existe algum serviço de confiança recomendado pela escola ou a maioria dos pais. Pese na balança e escolha a melhor opção.

E por último, verifique se há necessidade de utilizar um Uber ou 99 toda hora. Em cidades de porte médio pode ser mais barato levar 4 pessoas no carro do que pagar a mesma viagem de ônibus, mas tenha certeza de que você está ou não no lucro antes de começar.

Como administrar as finanças

Conclusão sobre como administrar as finanças em 2020

Não é uma jornada fácil, se você quer colocar as contas em dia vai precisar fazer os sacrifícios que foi incapaz de fazer no passado todos de uma vez. Mas a boa notícia é que eu te garanto que vale a pena. Tomar boas atitudes no ramo das finanças realmente transforma sua qualidade de vida e até o sono fica muito mais leve.

No mais é isso, espero que você tenha entendido um pouco sobre como sair desta situação. Mas se ficou alguma dúvida é só deixar aí nos comentários!

Que tal aproveitar agora para ler este texto sobre Mudança de Hábitos Financeiros? Será um excelente complemento para esta matéria.

Um grande beijo e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *